ALENTEJO FEEL NATURE- %0AA IMPORTÂNCIA DO MARKETING DIGITAL PARA O TURISMO

Este artigo foi publicado originalmente no blog da Oakreative.

No passado dia 23 de abril, estive em Ponte de Sor a falar sobre Marketing Digital para o Turismo, a convite da Comunidade Intermunicipal do Alto Alentejo (CIMAA), em parceria com o Município de Ponte de Sor.

A sessão, destinada aos agentes económicos do território, foi organizada no âmbito do projeto “Alentejo Feel Nature – rede de percursos em natureza” e incidiu no tema «O impacto do turismo na economia das regiões».

Entre os oradores estavam, além de mim, que falei sobre a Importância do Marketing Digital para o Turismo, Armando Varela (Presidente da CIMAA), Ana Cristina Guilherme (Formadora e Consultora de Brand Storytelling) ee João Jordão (Presidente da Leader Sor).

Para quem não teve a oportunidade de assistir, deixo em baixo a apresentação

Apresentação sobre o Marketing Digital para o Turismo

O mundo mudou. A forma de fazer marketing também.
Mas muitas das empresas ainda não se adaptaram a esta realidade e continuam a promover e a vender os seus serviços da mesma forma que se fazia há 10 anos atrás.
A Internet mudou a forma como o consumidor se relaciona com as marcas e, atualmente, é este quem decide as regras do jogo.
Se quer que a sua empresa do sector do Turismo sobreviva num mundo digital em rápida evolução, tem de conseguir adaptar-se a essas mudanças e conhecer a jornada do consumidor!

Sobre o Alentejo Feel Nature

O Alentejo Feel Nature é um projeto que tem como objetivos:

  • Criação de Rotas Temáticas de Percursos em natureza no Alto Alentejo como forma de promoção do património cultural, arquitetónico e ambiental e sejam potencialmente capazes de gerar riqueza nas comunidades locais;
  • Dinamização de eventos de carater nacional e internacional em percursos de natureza;
  • Constituir o território Alentejo Feel Nature como um destino de excelência, sustentado em produtos turísticos e desportivos de qualidade;
  • Garantir a transversalidade territorialmente da operação, na qual se promove a articulação de entidades públicas e de agentes privados, numa lógica de rede.

O projeto é promovido por diversas entidades do território, das quais fazem parte os Municípios; Entidade Regional de Turismo; Instituto de Conservação da Natureza e Florestas; Refer; Associação Portuguesa de Corredores Verdes; Federação de Campismo e Montanhismo de Portugal; Juntas de freguesia; Agentes locais; Associação Desenvolvimento de Nisa.

A Importância do Marketing Digital para o Turismo

por Helena Dias tempo: 2 min
0