Browse By

20 dicas para criar uma marca pessoal online

As regras mudaram – Por isso, esqueça tudo o que sabe sobre o mercado de trabalho.

Invista nos social media e aprenda a usá-los em seu benefício.

A maior virtude, nos tempos de correm, é a adaptabilidade. As pessoas só descobrem as verdadeiras paixões quando percebem em que funções são realmente boas e quais as mais solicitadas pelo mercado.

Como criar uma marca pessoal online

Construa a sua própria plataforma online, como um blogue ou um website. Depois amplifique o seu conteúdo e interaja com a sua audiência nas redes sociais. Use o LinkedIn, Facebook ou Twitter e até mesmo o Pinterest e o Instagram – hipóteses não lhe faltam. Descubra que redes sociais funcionam melhor para si,

Não espere ser perfeito – apenas comece e vá aperfeiçoando as suas estratégias.

Dicas para criar uma marca pessoal online

20 dicas para criar uma marca pessoal online

  1. Seja autêntico: Outra coisa que não o seu verdadeiro EU não funciona. Descubra quais as suas vantagens competitiva. Deverá ser capaz de completar esta frase: “Graças à minha [competência/experiência/ponto forte], posso fazer [tipo de desempenho profissional] melhor que do [tipos específicos de outros profissionais no meu campo].
  2. Crie o seu blogue ou website: Um website com bons conteúdos é o ponto de partida para construir a sua marca. Comece um blogue e, assim que o fizer, não pare. Veja aqui como criar um blogue em WordPress em 5 minutos.
  3. Crie conteúdos: Crie conteúdos interessantes e comece a ganhar a confiança necessária para a sua marca.
  4. Defina a sua audiência: Para se poder focar nas necessidades dos seus leitores, tem de definir quais sãos os problemas destes e identificar como os pode ajudar. Realizar inquéritos pode ajudá-lo nesta tarefa.
  5. Construa a sua lista de emails.
  6. Foque-se: Defina a sua marca num nicho específico para se conectar com quem visiona influenciar;
  7. Ajude outros: Não espere que as oportunidades venham até si. Encontre formas de ser útil. Seja o primeiro a voluntariar-se e a conectar-se com as pessoas. Apresente duas pessoas que conheça, mas que não se conhecem entre elas – certifique-se de que a apresentação vai ser útil para ambas. Depois pense num desafio com que se esteja a defrontar e peça a um dos seus contactos que o apresente a alguém que o pode ajudar.
  8. Procure influenciadores de opinião online: Procure líderes. Cerque-se destes. E encontre formas de ser útil para os mesmos.
  9. Junte-se a grupos online: As afiliações são um dos pontos mais importantes para fazer crescer a sua marca. Encontre grupos na sua área, participe e marque a sua presença.
  10. Utilize palavras-chave e frases que as pessoas irão pesquisar no Google para o encontrar a si e ao seu tópico.
  11. Aprenda a usar o LinkedIn eficazmente.
  12. Faça networking: As oportunidades estão associadas às pessoas. Identifique as pessoas da sua rede de contactos que sempre pareceram estar envolvidas em coisas interessantes. Tente compreender o que faz delas centros de oportunidades e empenhe-se em conhecer mais pessoas com tais características.
  13. Dê a sua opinião.
  14. Fotografia: A sua fotografia deve aparecer por toda a web. Contrate um profissional para lhe tirar uma fotografia e escolha a fotografia que diga “eu sou seu amigo”.
  15. Faça perguntas: Peça às pessoas para lhe contarem a sua própria história. Ouça as ideias destas – toda a gente adora um bom ouvinte.
  16. Reconheça as pessoas que o ajudaram: Ninguém alcança os seus objetivos sozinho. Dê reconhecimento, privado e público, a quem o ajudou a construir a sua marca pessoal.
  17. Ensine: Todas as pessoas que admira, ensinaram-lhe lições valiosas. Construa a sua marca, sendo um conselheiro de confiança.
  18. Desenvolva a sua voz única: As pessoas lembram-se de como as fez sentir. O que diz é importante, mas a forma como o fez é ainda mais.
  19. Analise as suas estatísticas: Explore o que está (ou não) a funcionar com a sua audiência.
  20. Escreva na primeira pessoa: Esqueça que é sobre si e lembra-se que é sobre os seus leitores.

 

 

  • Pingback: Social Media para Organizações Sem Fins Lucrativos()

  • Alex Pinto

    Boa noite, gostaria de saber se não existe legislação inerente à marca própria.
    Por exemplo, uma empresa importa determinado artigo da china, artigo esse que é fabricado consoante a empresa solicitou e a respetiva marca própria.

    Será assim tão fácil criar a marca própria ou existe muita burocracia por de trás de tudo isto?

    Não sei se fui claro.

    Atentamente
    AP

    • Olá Alex, como está?
      Infelizmente, não consigo ajudar muito com a sua questão, pois ela foge ao meu âmbito de atuação.
      Mas acredito (e testei) que se pesquisar melhor no Google sobre importação de produtos da China que irá encontrar alguns outros artigos úteis que vão de encontro ao que procura.
      Obrigada,
      Helena.

20 dicas para criar uma marca pessoal online

por Helena Dias tempo: 3 min
3